Retirando o véu para sentir a perfeita liberdade interior

Caros leitores, 


Na reunião de hoje, quarta-feira dia 20/12/2017, apresentamos o tema que segue em relação ao véu mental e emocional acessando a liberdade interior.

natalluz


Retirando o véu para sentir a perfeita liberdade interior



As pessoas falam de serem transformadas pelo “espírito interior”. O termo “espírito interior” não é incorreto. Eu fiz grandes esforços para tentar livrar sua mente da velha terminologia cujo significado poderia ser inadequado para você. Ao mesmo tempo, desejo que compreenda que uma vez que assimile o que realmente “quero dizer, (pois já fui tão mal-interpretado no passado que não quero que isso volte a ocorrer)”, você não deve ficar preso pela terminologia em si. Desde que você saiba o que o “espírito interior realmente é – a consciência da vida divina atuando a partir da consciência universal infinita”, e que isso não tem nada a ver com os “espíritos dos falecidos” – pode usar a terminologia que tenha mais significado para você, com a condição de que seja o significado que dei nestas cartas. 

Voltemos agora à afirmação no início desta seção. Diz-se frequentemente que as pessoas podem ser “transformadas pelo poder do espírito”.

Tal transformação não é possível. “Não há nada real em seu eu humano que possa ser transformado”. Sua alma foi extraída da consciência da vida divina e, portanto, é perfeita. Sua “personalidade humana é efêmera” e composta apenas de impulsos magnético-emocionais de “ligação – rejeição”.

Assim, a vida divina deve gradualmente impregnar mais e mais a sua consciência para impulsioná-lo a livrar-se desses impulsos grosseiros, com o fim de revelar a realidade espiritual. “Talvez eu possa explicar melhor usando uma parábola”.

Uma menina de grande beleza estava oculta sob um espesso véu cinza no qual estava pintado um rosto feio. Assim, a verdade de seu ser estava guardada em segredo e poucos se aventuraram a aproximar-se dela pela sua aparência pouco atraente. Ela cresceu e se deu conta de que a causa de sua solidão e tristeza, a perda de sua liberdade de movimento e saúde, se devia aos véus. Porém ela estava tão acostumada àquela situação que acreditava não ser possível sobreviver sem eles.

Entretanto, ela teve a sorte de encontrar um “mentor iluminado” de outro país, e finalmente foi convencida a descartar ao menos um véu. Depois de muito procurar pela força interior para fazer isso, implorou ao “seu mentor” que a ajudasse. Ele levantou as mãos dela e juntos tiraram o véu no qual estava pintado o rosto feio. Ela se sentiu muito melhor por ter feito aquilo. Começou a sentir certa alegria.

Depois de um tempo, ela estava ansiosa para descartar outro véu e de novo “seu mentor” veio e a ajudou a tirá-lo. E assim continuou. Quanto mais véu retirava, mais leve se tornava e gradualmente vislumbrou a realidade da natureza que a rodeava, podendo ver as árvores com clareza, os pássaros nos galhos e assim escutava toda encantada, seus maravilhosos cantos. Ela viu a beleza nos rostos dos outros e começou a sentir o fluxo do amor em seu coração.

A vida agora estava se transformando em um presente verdadeiramente divino a ser apreciado. Diariamente agradecia ao “seu mentor” por ajudá-la a se transformar em uma pessoa tão feliz.

Finalmente chegou o tempo em que já não suportava mais o último véu que a envolvia. Ela sabia que aquele véu a estava separando da luz, beleza, harmonia e contato amoroso com outras pessoas belas. Embora não soubesse como poderia se arrumar sem ele, então retirou-se em silêncio junto com “seu mentor” e pediu que o último véu fosse removido.

Aquele foi um tempo de agonia, já que o véu parecia ser parte do seu ser.  Mas, “ela pediu e suplicou” e em um momento de “brilhante luz, o véu queimou-se e se desprendeu dela”. A forma “que restou era a sua realidade – e ela entrou em uma perfeita liberdade interior!”

(Fonte: Cartas de Cristo)

 

Paz Profunda!

————————————————————————————


.’.


* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann

Fraternalmente,

 

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando por uma Humanidade mais Feliz!

 

Esta entrada foi publicada em Cabala, Pesquisas e Estudos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta