Fluir com o ritmo da Felicidade

Caros leitores, 


Na reunião de hoje, quarta-feira dia 05/06/2019, repassamos a mensagem que segue:

Fluir com o ritmo da Felicidade

Devemos nos priorizar, não podemos deixar que as mágoas e dores do passado nos acorrentem a alma e, muito menos nos roubem a alegria de viver! Existe sempre um grande motivo para seguir em frente: por amor – por amar quem somos e percebermos que só o que importa é o que carregamos dentro do peito! Claro que têm dias que queremos jogar tudo para o alto sem nos importamos com a bagunça que deveremos limpar depois – e é bom isso acontecer, as nossas emoções não devem ser reprimidas e muito menos ficarem acumuladas a ponto de nos perdermos dentro de nós mesmos, devemos nos libertar das amarras que não nos permitem seguir em frente, acender o amor-próprio que por muito tempo esteve apagado e deixarmos a nossa vida fluir no ritmo em que a felicidade gosta de dançar!” 

(Vitor Ávila )

“Bendize o minha alma ao senhor e tudo o que nela há em mim bendiga o Teu Santo Nome, bendize o minha alma ao senhor e não te esqueças de nenhum de seus benefícios ele e o que perdoa todas as tuas iniquidades que sara todas suas enfermidades, que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia. Que farta a tua boca de bens de sorte que tua mocidade se renove como a de uma águia o senhor faz justiça e juízo a todos oprimidos! Que Deus nos dê bençãos e transborde sua luz, nos envolva de paz alegria e saúde com paciência no seu cotidiano amigos com paz e luz”.

(Zaara Harder Ducatti Manfredd Assaed)

Fontes:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=267267120290642&set=a.231703820513639&type=3&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2757372290957914&set=a.562044343824064&type=3&theater


Paz Profunda!

————————————————————————————

.’.


* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann

Fraternalmente,

 

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando por uma Humanidade mais Feliz!

 

Esta entrada foi publicada em Cabala, Pesquisas e Estudos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta